Pernas de Aluguel leva solidariedade e superação a corridas de SP e BH

Desde 2014, voluntários conduzem pessoas com deficiência nas principais provas.
Imagem de voluntários do Pernas de Aluguel levantam as mãos reunidos com pessoas com deficiências em cadeiras de rodas.
Pernas de Aluguel: voluntários levam deficientes para as principais corridas de SP e BH.

Compartilhe!

Você já ouviu falar no grupo Pernas de Aluguel?

Se você é corredor em São Paulo ou Belo Horizonte já deve ter se deparado com uma turma animada de empurradores de triciclos com deficientes durante algumas provas.

Quem já cruzou com com esse grupo enquanto corria garante que a sensação é muito boa. Um misto de superação e emoção, mas também de gratidão por estar correndo com saúde, não é mesmo?

Pernas de Aluguel: como tudo começou

Imagem de voluntário levando um jovem em cadeira de rodas. O jovem deficiente está de braços abertos e sorrindo.
Primeira corrida em 2014 teve o apoio de um grupo de pais que já corriam com seus filhos em seus triciclos. (Foto: divulgação).
Imagem de Dick Hoyt levando seu filho em uma cadeira de todas durante uma prova.
Dick Hoyt e seu filho, Rick: inspiração para o Pernas de Aluguel. (Foto: divulgação)

Com a ideia na cabeça e muita vontade no coração, Eduardo foi atrás das condições para transformar aquele desejo em realidade. 

E não foi nada fácil. A começar pela aquisição de cadeiras adaptadas para transportar seus meninos e meninas.

Levava a foto do modelo da cadeira em alguns fabricantes e chegaram a cobrar até U$10 mil. “Era surreal!”, lembra o engenheiro.

edu_fala1

Apesar de Eduardo ter a confiança da Comunidade Rainha da Paz, onde já trabalhava com as crianças há mais de 10 anos, havia um receio por parte da instituição. 

A seguir, Eduardo relembra essas e outras dificuldades inesperadas do projeto.

Depois de vencida a primeira corrida do grupo, Eduardo teve a certeza de que o Pernas de Aluguel nascia como uma iniciativa de sucesso, e poderia dar muitos frutos, mas não esperava tanto.

Nunca imaginei que o projeto fosse crescer tanto: são mais de 8 mil pessoas do Brasil inteiro cadastradas no site. Além da expansão para BH (MG), Campinas (SP) e Hortolândia (SP). Isso não passou pela minha cabeça naquela primeira corrida.

Assista ao depoimento de um ilustre convidado do grupo em outubro de 2017. O jornalista (e corredor), Carlos Tramontina, conta sua emocionante experiência com o Pernas de Aluguel!

O que me motiva continuar esse trabalho é ver a emoção, os sorrisos e as lágrimas das pessoas em uma linha de chegada.

PDA DREAM

Grupo Pernas de Aluguel sempre presente nas provas de São Paulo, principalmente nas beneficentes como a  do Graac. (Foto: divulgação).
Grupo Pernas de Aluguel sempre presente nas provas de São Paulo, principalmente nas beneficentes como a do Graac. (Foto: divulgação).

Além de proporcionar experiências incríveis para corredores e pessoas com deficiências durante as corridas, o grupo Pernas de Aluguel sonha mais alto.

Inspirado no Make-A-Wish Foundation, uma instituição internacional que realiza sonhos de crianças com doenças graves em mais de 50 países, Eduardo criou o PDA Dream.

O PDA Dream já presenteou uma menina de seis anos com uma órtese supercomplexa para que ela tivesse de volta os movimentos.

Proporcionar a uma criança de seis anos a chance de voltar a andar não tem preço. 

Um dos maiores sonhos de Eduardo é poder levar seus meninos e meninas até uma corrida da Disney, nos Estados Unidos. “É o sonho de muitos deles”, revela.

Fascinado pelo universo criado por Wald Disney, Eduardo ainda não sabe como, nem quando, mas garante que levará o Pernas de Aluguel mundo afora.

Esse não é um sonho impossível. Só nos falta o dinheiro. Já tenho todo o projeto pronto e desenhado. Mas ele vai acontecer!

Comments

comments

Deixe seu comentário!

Treine com a Move

Presencial e a Distância

Receba conteúdos exclusivos na sua caixa de e-mais!

plugins premium WordPress