Wings For Life: corredores do mundo unidos por uma causa

Corrida reúne milhares de atletas em mais de 150 países em prol da cura da lesão da medula espinhal.
Imagem de corredores em uma estrada, conduzem um cadeirantes e acenam para o Catch Car.
Corrida global reúne milhares de pessoas que correm em prol de uma causa nobre.

Compartilhe!

Já ouviu falar na corrida Wings For Life?

Que a corrida de rua traz uma sensação de bem-estar você já sabe, né?.  Agora, imagine correr uma prova mundial que pode ajudar milhares de pessoas que sofrem de um problema de saúde grave como a lesão da medula espinhal.

A iniciativa é do instituto Wings for Life, uma fundação internacional sem fins lucrativos que, desde 2004, tem a missão de financiar novas pesquisas científicas  em todo o mundo com foco na busca pela cura dessa doença.  Legal, né?

O valor arrecadado nas corridas tem mantido quase 300 projetos de pesquisa em 20 países, mobilizando mais de 650 especialistas dedicados aos estudos dessa lesão.

A medula espinhal é uma estrutura que fica na coluna vertebral, está conectada ao sistema nervoso central e é responsável pelos movimentos do corpo, como braços e pernas. Em casos mais graves de uma lesão (por acidente ou doenças como a poliomielite), a pessoa não sente seus membros e fica imóvel, totalmente dependente.

Como funciona a Wings For Life?

Foto de rua lotada de corredores antes da largada.
Na Áustria, a Wings For Life 2023 reuniu milhares de corredores. (Foto: Divulgação)

A Wings for Life é uma corrida global que, desde 2014, acontece ao mesmo tempo em centenas de países.

O legal é que 100% do valor das inscrições é revertido a projetos de pesquisas sobre a doença pelo mundo.

Além de eventos presenciais nos seis continentes, a ideia é que pessoas de qualquer lugar do mundo corram por meio de um aplicativo conectado à organização.

O lema do projeto é bem inspirador: “corra por aqueles que não podem”.

O formato é bem diferente. Um carro, chamado de Catcher Car, cumpre o papel de linha de chegada em movimento.

Depois de 30 minutos da largada, o veículo sai atrás dos corredores a 14km/h. Quando o Catcher Car ultrapassa um atleta (na real ou virtualmente), a corrida acaba para ele ou ela.

O objetivo é simples: percorrer a maior distância possível antes de ser ultrapassado pelo veículo oficial. Diferente, né?

Wings For Life 2023

A última edição da Wings For Life 2023 bateu todos os recordes: reuniu mais de 200 mil corredores em 158 países do mundo, arrecadando quase 6 milhões de euros (R$30 milhões).

No Brasil, os eventos presenciais têm acontecido em duas capitais: no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro, e no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, reunindo centenas de corredores amadores e personalidades.

A polonesa Katarzyna Szkoda foi a recordista da edição entre as mulheres, percorrendo 55,07 km na cidade Poznan.

Foi uma das melhores sensações da minha vida, acho que preciso de algum tempo para processar isso.

Atleta japonês mostra placa com inscrição de 69,9KM.
O japonês Jo Fukuda foi bicampeão da Wings For Life 2023. (Foto: Divulgação)

Entre os homens, o japonês Jo Fukuda venceu pela segunda vez, percorrendo 69,01 km pelas ruas de Tóquio, no Japão. Mesmo vindo de uma lesão, o japonês se superou para chegar na frente.

A Wings for Life World Run é um evento muito especial para mim porque posso encorajar e impactar os outros de forma positiva com algo que amo, que é correr.

Sobre o tema, conheça o projeto social Pernas de Aluguel, que leva crianças e jovens deficientes para as principais corridas de São Paulo e Minas Gerais.

Que tal participar da próxima edição da Wings For Life?

Receba avisos para se inscrever na Edição, em maio de 2024 

Comments

comments

Deixe seu comentário!

Treine com a Move

Presencial e a Distância

Receba conteúdos exclusivos na sua caixa de e-mais!

plugins premium WordPress